O que é Visual Merchandising

Escrito por

13 de agosto de 2019

8 min de leitura

 

 

Você sabia que o Visual Merchandising é um tipo de estratégia que pode ajudar a impulsionar as suas vendas, através da união de várias técnicas de marketing e atração? Então, antes de começarmos, veja o que você vai encontrar nesse post sobre: O que é Visual Merchandising!

 

  • O que é o Visual Merchandising
  • Decisão de Compra
  • Como fazer Visual Merchandising na sua loja
  • Ferramentas de Visual Merchandising
  • Circulação e Layout

 

Agora que você já sabe o que vai encontrar nesse post, bora rolar para baixo e conferir?

 

 


 

 

O Visual Merchandising nada mais é do que um processo de desenvolvimento, investimento e manutenção da comunicação visual de uma loja ou marca.

 

 

 

vitrine

 

 

E, junto se enquadram a iluminação, os mobiliários, o aroma, a sonorização, a organização e qualquer forma de estimular os sentidos, despertar emoções dos compradores e trabalhar as mercadorias dentro do seu nicho.

 

Para isso, o profissional estuda a marca e o consumidor, define o caminho dos clientes dentro da loja, calcula a venda por metro quadrado, além de onde expor os produtos chave.

Ou seja, é feito um estudo de mercado do conceito da empresa e do público-alvo, definindo a estratégia correta para o sucesso!

 

 visual merchandising

 

 


 

 

 

Agora queremos te fazer uma pergunta muito importante para reflexão:

Você já teve vontade de entrar em uma loja, porque a vitrine lhe chamou a atenção?

 

atenção

 

 

 

E, se a resposta for sim, saiba que você como cliente foi provocado pelo Visual Merchandising e estimulado visualmente pelos produtos que te chamaram a atenção.

Então, levando em consideração que você faz parte dos 60% das pessoas entram na loja por conta da vitrine, podemos afirmar que você é um cliente ativo no mercado.

 

 

DECISÃO DE COMPRA

Em uma loja convidativa, o primeiro passo na hora de aumentar o seu fluxo de clientes é caprichar na vitrine!

Sendo que a intenção do mercado é realizar a venda ali mesmo, fora do estabelecimento, para que o cliente já entre decidido a levar o produto para casa.

 

 

convite

 

 

Assim, as vitrines tem como papel fundamental traduzir o conceito e a dinâmica do estabelecimento, com a finalidade de atrair e despertar o desejo do cliente.

 

E, para explicar melhor as habilidades de quem tem essa estratégia de venda nas mãos e as formas de conseguir com que a sua loja fique ainda mais atrativa, vamos mostrar como atua o Visual Merchandising.

 

 

Mas o que isso significa?

 

o que isso significa?

 

 

Significa que através do Visual Merchandising (VM), é possível:

 

– Reforçar a identidade da marca no ponto de venda.
– Aumentar as vendas e o giro dos produtos.
– Apresentar produtos de maneira atrativa e coordenada.
– Criar experiências de compra estimulantes.

 

E, levando em consideração que 85% dos consumidores decidem se vão comprar ou não, antes mesmo de entrar na loja, é indispensável criar uma concepção não só da vitrine ou fachada, mas também de cada detalhe do seu estabelecimento, para quando ele entrar.

 

Dessa maneira, é fundamental que a disposição dos produtos, seja estrategicamente pensada, para estimular o interesse do consumidor a comprar.

 

 

E, para saber mais sobre Visual Merchandising e como ele pode ser utilizado para impulsionar as suas vendas continue com a gente, que já vamos te explicar!

 

 

 


 

 

 

Como fazer o Visual Merchandising na sua loja?

 

 

 


 

 

 

E, existem profissionais especializados em Visual Merchandising.

Mas nada impede que você possa começar a implementar as técnicas dessa estratégia por si só.

Então, a ideia é conferir personalidade e identidade ao ponto de venda, fazendo uma inteiração de todo o departamento comercial de uma empresa, obtendo dados estratégicos para atrair a atenção dos clientes.

 

fluxo de venda

Sendo necessário, organizar, definir e determinar os locais adequados de exposição dos produtos, pensando com inteligência desde a organização da vitrine até a do espaço interior da loja. E alguns exemplos são:

 

  • Displays
  • Manequins
  • Expositores
  • Música ambiente

 

Então, esses são alguns dos aspectos que você pode trabalhar para agregar valor ao seu negócio 🙂

 

 

vitrine

 

 

 

FERRAMENTAS DE VISUAL MERCHANDISING

– Arrumação:

Mantenha uma atenção especial para cada produto, para ser disposto de maneira que fique extremamente atrativo, e esse tópico é indispensável!

 

– Limpeza:

Conserve o  seu ambiente de trabalho, deixe ele de uma maneira que fique sempre agradável e aconchegante.

 

– Reposição:

Mantenha a sua área de venda sempre abastecida, leve soluções que ele precisa.

E, um ambiente que passa a impressão de estar “largado”, sem um mínimo de atenção aos produtos que faltam pra reposição, nunca é bem visto por quem entrar no estabelecimento.

 

– Organização:

Preserve a sua equipe! Pessoas bem dispostas e engajadas com o seu negócio, fazem com que o fluxo das vendas, flua bem mais facilmente, assim você não se atropela em nenhum processo.

 

– Precificação:

Deixe o seu preço sempre a vista, o cliente se sente muito mais confortável em saber do preço sem precisar falar com o vendedor, porém faça com que ele veja VALOR no seu produto ou serviço.

 

– Manutenção:

Mantenha o seu produto ou serviço sempre impecável, revisão constante tanto de funcionamento, quanto de processos é imprescindível.

 

– Estoque:

Mantenha o seu estoque muito bem organizado, nunca deixe faltar produtos para venda.

E, lembre-se: O cliente quer agora! São raras as situações em que ele volta para verificar se o produto está disponível, geralmente quem fatura nessas situações é o seu concorrente.

 

– Vitrine:

Mantenha sempre limpa, com um conjunto de cores e elementos que agreguem valor ao seu produto.

(Em breve teremos um post falando só sobre isso, então aproveita para se inscrever na nossa Newsletter e ficar por dentro do nosso conteúdo, fique tranquilo que não enviamos SPAM, ok?)

 

– Espaço:

Organize o seu espaço de venda.

(Segue o até o final que logo vamos falar sobre isso 🙂 )

 

– Postura:

Mantenha a postura dos seus vendedores de uma maneira convidativa.

 

– Equipe:

Mantenha sua equipe sempre bem entrosada e treinada para atender os seus clientes.

 

– Aparência:

É uma ferramenta de venda, pois os clientes acabam se espelhando em quem está atendendo.

 

 

 

CIRCULAÇÃO E LAYOUT

 

  • CIRCULAÇÃO

A circulação do cliente deve ser orientada para seguir um determinado trajeto. A sua tarefa é ajudar o consumidor a orientar-se através do ambiente.

Então, o espaço de circulação deve respeitar o espaço médio de 1 metro para permitir a livre circulação dos consumidores.

 

E, um dado muito importante que precisamos levar em conta é de que os consumidores tendem a entrar nos estabelecimentos sempre pelo lado direito, que é da mesma forma como dirigem ou caminham, pelo menos em sua maioria.

 

 

Porém, essa estratégia, é adaptável levando em consideração de como a estrutura da loja e da porta estão dispostas.

 

 

 

E, a localização dos produtos é fundamental para o layout do estabelecimento.

Então, através do Visual Merchandising setorizamos o espaço em quatro áreas distintas, que serão determinadas pelo grau de importância e estratégia do estabelecimento.

 

 

  • LAYOUT

Em geral as lojas e estabelecimentos, precisam manter um layout que se comporta exatamente como se fosse um Funil de Vendas, porém no modo Flash Sales.

Ou seja, vendas SUPER rápidas, onde o cliente seja atraído de uma forma rápida sem intervenção humana (vendedor).

 

 

 

super vendas

 

 

Dentro desse layout, existem 4 divisões ou zonas delimitantes (Início, Meio e Fim), que são mais conhecidas como o Fluxo de Compras dos seus clientes.

 

– Zona Diamante:

Função de atrair (Início)
É onde está a vitrine ou fachada do seu negócio, onde serão expostos os principais produtos e imagens de campanha e marketing, como os de valor agregado e mostrar a relevância do ponto de venda.

 

 

– Zona Ouro:

Função de captar (Meio)
Produtos que complementem a Zona Diamante, como variações de preços, cores e tamanhos diferentes, funcionando sempre como uma extensão.

 

 

– Zona Prata:

Função de conquistar o cliente (Meio)

Produtos menores ou combinações que agreguem valor de acordo com os produtos da Zona Ouro e Diamante.

 

 

– Zona Bronze:

Função de Comprar (Fundo)

Caixa, produtos de promoção, etc.

 

 

 

Em breve teremos mais conteúdos falando sobre esse assunto, então, aproveita para se inscrever na nossa Newsletter e ficar por dentro dos nossos conteúdos, fique tranquilo que não enviamos SPAM, ok?

 

 

Se você gostou do tema, não deixe de compartilhar em suas redes sociais e comentar! 🙂

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS

CONTATOS

 

(48) 4042-2510  |  (47) 9 9780-7219

contato@sixdoo.com  |  suporte@sixdoo.com

 

R. Venâncio da Silva Pôrto, 183 | Sala 10

Nova Brasília, Jaraguá do Sul – SC, 89252-230

© Copyright 2019. 

CONTATOS

© Copyright 2019.

R. Venâncio da Silva Pôrto, 183 | Sala 10 | Nova Brasília, Jaraguá do Sul – SC, 89252-230